Translate

12/06/2013

Fernando Pessoa e a Heteronímia

Ricardo Reis (dissimulação)
  • Epicurismo: “carpe diem” e disciplina estoica;
  • Indiferença cética; ataraxia;
  • Semipaganismo; classicismo;
  • Vive o drama da fugacidade da vida e da fatalidade da morte.

Álvaro de Campos (fragmentação)
  • Decadentismo – o tédio, o cansaço e a necessidade de novas sensações;
  • Futurismo e sensacionismo – exaltação da força, da violência, do excesso; apologia da civilização industrial; intensidade e velocidade (a euforia desmedida);
  • Intimismo – a depressão, o cansaço e a melancolia perante a incapacidade das realizações; as saudades da infância.

Alberto Caeiro (despersonalização)
  • Paganista existencial;
  • Poeta da Natureza e da simplicidade;
  • Interpreta o mundo a partir dos sentidos;
  • Interessa-lhe a realidade imediata e o real objetivo que as sensações lhe oferecem;
  • Nega a utilidade do pensamento; é anti metafísico.

Pessoa Ortónimo (fingimento)
  • Tensão (sinceridade/fingimento; consciência/inconsciência; sentir/pensar)
  • Intelectualização dos sentimentos;
  • Interseccionismo entre o material e o sonho, a realidade e a idealidade;
  • Uma explicação através do ocultismo.




Sem comentários:

Enviar um comentário